Loading

Alexandre Melo

am4131557@gmail.com

Vela ardente

Vela, velinha!

Meu bem precioso!

É a ti que recorro!

Tão imenso socorro!


Em dia cinzento,

Trazes sentimento!

Levas medo e desgosto!

Reconfortas!


Iluminas leituras,

Almas,

E ruas!


Peço então,

Ansiosamente,

Noites dessas tuas!