Loading

Alexandre Melo

am4131557@gmail.com

Rosa

Mas que flor esta... 

Que flor não é! 

É amor, é presente, é beleza, é devoção, é símbolo! 

Que paixão a minha por confusão esta.  

Que aroma que me alucina.  

Que poder de enlouquecer!  

Que maravilha é esta? 

Porquê tão poderosa? 

Porquê manipuladora? 

Hoje, a lira não já soa nem entoa,  

Porque o aroma das rosas é agora a atenção!