Loading

Alexandre Melo

am4131557@gmail.com

Lira

Ó Lira, meu amor... 

Onde tens tu andado? 

Ó Musa que m'inspira... 

Porque foges? 

 

Que me tires tu o fôlego 

Para escrever eu bela lira. 

Que apenas tu, ó Musa, 

Me dês aquilo de que preciso! 

 

E tu, ó Pluma gasta... 

Não te mais gastes em conversa 

Que o trabalho te espera. 

 

E a esperança minha... 

Como tu... 

É já gasta, faz já tempo!