Loading

Alexandre Melo

am4131557@gmail.com

Blogue

Homo

Homo sem ética, Não faças de ignorância força.Porque estragas quem te cuida?Que coita esta!De onde vem tal inferno?Que faz frio aqui?Porque me fazes duvidar,Homo,De tudo isto e algo mais?

Ler mais
Ai que tenebrosa enfermidade

Ai que tenebrosa enfermidadeQue debilita o meu serE o esconde da luz!Dai fogo a esse perjurado Que dá o magistradoSegundo seu grado!Puxai-o para o renascidoTempo de sentido, Tempo de medo!Q...

Ler mais
Oh Pena iluminada

Oh Pena iluminada, Ilumina minha mente!Nem tinta nem fogo se gastem, Pois este é meu fado! Leva-me nessas penasPara mundos de encantar.Salva-me deste mundoQue só sabe delirar! Encanta o en...

Ler mais
Oh Amor que debilita

Oh Amor que debilita,Magoa, profundamente, alma minhaQue assim só...Soa a Lira! Que escreva eu Como nem Dante escreve! E que minha Beatriz seja... Sempre e eterna!Eu que velejePor Terra, Po...

Ler mais
Afundado Coração

-Que crueldade, Coração- Que falha e salta sem parar! -Porque ouves tu acéfalos vagabundos? Porque te fundes com comentários? São apenas isso, nada mais... Comentários! Comentários qu...

Ler mais
Lira

Ó Lira, meu amor... Onde tens tu andado? Ó Musa que m'inspira... Porque foges?  Que me tires tu o fôlego Para escrever eu bela lira. Que apenas tu, ó Musa, Me dês aquilo de que ...

Ler mais
Noite

Ó Noite escura... Por que me falas?Ó Noite sombria... Por que me acordas? Há noites que não sonho, Como só céu esse faz sonhar! Há noites que não caminho, Como as ruas qu'iluminas sa...

Ler mais
Rosa

Mas que flor esta... Que flor não é! É amor, é presente, é beleza, é devoção, é símbolo! Que paixão a minha por confusão esta.  Que aroma que me alucina.  Que poder de enlo...

Ler mais
Mas que raio é afinal isto do amor?

“Ainda existem almas para as quais o amor é o contacto de duas poesias, a fusão de dois devaneios.” Gaston Bachelard Mas que coisa inexplicável, Misteriosa! Hoje alguém o diz em ...

Ler mais
Misunderstandings

I’ve been trying to say it!To make myself clear!I really did! I talked with... Friends, Teachers, People I just talked for five minutes!But I didn’t make it! I didn’t make myself clear...

Ler mais
Realizing everything but it

There's a wish I want to make!I feel it here,Deep down!My soul is hurted,So do I!Feelings of mine,Are drowning me!Minds empty,Broken hearts,Well-being far away!Lord, help me!I've just forgot...

Ler mais
Vela ardente

Vela, velinha! Meu bem precioso! É a ti que recorro! Tão imenso socorro! Em dia cinzento, Trazes sentimento! Levas medo e desgosto! Reconfortas! Iluminas leituras, Almas, E ruas! Peço en...

Ler mais
Arquivo maléfico

Medos e incertezas,Procuras sem findar!Entre mares e trovoadas,Tu, ó alma rasgada te perdes!Terrores e remendos,Em ti encontrarei!As máscaras que usei,A ti apenas confiei!Deste livro sombr...

Ler mais
A Torre

Torre grande e escura,Porque me aprisionais?Sou torre isolada,Escura e grande!De mim nada dependes!Mas de algo és dependente!De tal deves recear!Sou torre amiga!Leal e confidente!Deves pens...

Ler mais
Quem sou eu?

Nascido em dois mil e seis!Sou natural de Oliveira de Azeméis! Aguiar é a minha nova casa!E na escola,Tenho asa!Que me deixa voar,Sobre o palco que é a vida!Fui jovem, Outrora!Na escola a...

Ler mais
Going through love

The words don't come out!I need to see the light!The darkest days have started!How long will this take?I made no mistakes!I don't know what I've done!Help me, oh Sir!People don't know how to...

Ler mais
O Amor e seus quê's

Meu amor a ti entreguei,Com esperança e dedicação triunfarei!Aquilo que os leigos sabem,Não é,Nem será algo a que possamos dar ouvidos!Os problemas existem!Desconfianças aparecem!O qu...

Ler mais
Inês Almeida

Não sei o que dizer!De admirar, não?Com este poema quero...Dizer-lhe tudo aquilo que,Para tais fins,Não existem ainda palavras!Não pretendo rimar,Mas sim...Com tais palavras,Conseguir to...

Ler mais
Amor. Amiga. Vida a' minha!

 Daquele pavilhão não me esqueço eu não! Onde vivemos um turbilhão! Éramos jovens, E então? A forma como tudo começou, Com certeza m’apavorou! Aquele abraço fingido, Embo...

Ler mais
Amor Perfeito

Coração perdido!Cabeça na Lua!Pés em Marte!E finalmente...Boca em Trapalhóliz!Será Ela?Algum dia a irei encontrar?Apenas desejo ser feliz.É pedir muito?O Universo e a Vida são sábio...

Ler mais
Mountains

Como prometido aqui vai um dos primeiros poemas em inglês de autoria própria.Espero que gostem!!!The life is cruel, But the man has always fuel! Fuel to continue living, Even when h...

Ler mais
Amizades

Algo esquecido, Mas jamais perdido! Algo que te fará lembrar, O que outrora te fez brilhar! Apesar de em alguns momentos, A inutilidade estar presente. Há sempre alguém... Em que a...

Ler mais
Sentimentos Sufocantes.

Sentimentos de hojeNão serão os de amanha.O fundo do oceano é escuro,Escuro como o vazio que sinto.Sentimento sufocante e despercebido,Me faz sufocar e pensar no que será.Não saber o qu...

Ler mais
A vida de um jovem!

Vida sofrida!Vingativa e mazinha.Faz um jovem enlouquecer,Podendo amarOu odiar.Sabendo que não é fácilEste continua.E não desiste!Ele é um guerreiro!Sendo um pouco empreiteiro,Constrói...

Ler mais
Sophia e os seus Cavaleiros

Este poema é em comemoração do centenário do nascimento de Sophia de Mello Breyner Andresen.Cavaleiros de Tróia!Com espadas e escudos!Vão ao encontro,Do ouro e do papel!Papel!?Papel us...

Ler mais
A Desculpa

Desculpe não conseguir dizer, Mas ao escrever... Talvez o transmita! Não sei o que fiz e  Fico infeliz... Ao saber que o ciúme está presente. Mas como já sabe como sou E não rel...

Ler mais
Sofrimento

Sofrimento é ferida aberta.Embora, secreta,Afeta!Não sei como dizer!Mas ao escrever,Sei o que sinto!Um tormento.Infindável, acho!A escrita é um desabafo!Tal como um abraço,Ambos aliviam...

Ler mais
Desilusão

Isto que sinto,Diz que minto!Ao dizer que estou perdido!Aquela senhorita me faz pensar.Pensar que, se calhar, não estou certo!Será que ela tem razão?Nisto penso e penso e penso,Mas nunca ...

Ler mais
O Vulcão

Vulcão quente, Chama ardente!  Amor reluzente, Nesse teu coração inocente.  Por vezes mente. Mas sem intenção!  Como a desilusão, É apenas uma ilusão!  Porquê uma ilusã...

Ler mais
A Dimensão da solidão

Com esta solidão estou,Evitando pensar em quem me amou!Com esta música no ouvido.É como se tivesse morrido!O ódio neste sentimento,Me dá um pressentimento...De que o que sinto,Se tornar...

Ler mais